Consumo: para ler e debater

Março é o mês do consumidor, ouve-se repetidamente ao longo desse período em anúncios da televisão ou como um mantra que reverbera pelas redes sociais. Nesse caso, a referência ultrapassa de longe a compra corriqueira  de mantimentos ou de alimentos que atendem às necessidades primordiais do dia a dia. Falar de um mês comemorativo a quem troca seu dinheiro por mercadoria ou serviços sugere a existência de tesouros a serem descobertos, de trilhas a serem desbravadas: o tênis que tanto se quis ou a coleção que, finalmente, está em vias de ficar completa.

O consumo no perímetro urbano reforça ou espelha a identidade de diferentes grupos. Hoje essa perspectiva vem sendo discutida sistematicamente por estudiosos e pesquisadores de todo o mundo.

Nesse artigo trazemos uma lista com títulos publicados pela EdUERJ que  trazem essa abordagem, assim como outras, que propõe o diálogo do consumo com temas como alimentação, estudos de gênero, sexualidade e sociedade, mercado editorial e marketing. Todos os livros estão em nosso site e podem ser adquiridos ou, no caso da Coleção Caetés, baixados gratuitamente.

Seguem as nossas sugestões de leitura:

Consumos alimentares em cenários urbanos – múltiplos olhares – Shirley Donizete Prado (Coordenação), Daniela Menezes Neiva Barcellos, Fausto Amaro e Ricardo Ferreira Freitas (organização)

Demonstra como os consumos alimentares definem e são definidos na subjetividade e nos valores que imprimem às mercadorias, sejam objetos ou humanos objetificados:

www.eduerj.com/?product=consumos-alimentares-em-cenarios-urbanos-multiplos-olhares

A vida na voz: mídia, idolatria e consumo de biografias (Patricia Coralis)

Ao enfocar as diferentes facetas do culto à atriz Judy Garland no Brasil, contempla os estudos sobre consumo e identidade e a antropologia da comunicação de massa:

www.eduerj.com/?product=a-vida-na-voz-midia-idolatria-e-consumo-de-biografias

Consumindo lugares, consumindo nos lugares: homossexualidade, consumo e subjetividades na cidade de São Paulo (Isadora Lins França)

Desenvolve a visão de que o mercado e o consumo desempenham papel central na produção e no reconhecimento social de sujeitos, identidades e estilos ligados à homossexualidade

www.eduerj.com/?product=consumindo-lugares-consumindo-nos-lugares-homossexualidade-consumo-e-subjetividades-na-cidade-de-sao-paulo

Destinos da cidade: comunicação, arte e cultura (organizado por Ricardo Ferreira Freitas e Rafael Nacif)

Propõe um conjunto de reflexões sobre temas como comunidades, mídia, consumo, esporte, lazer e arte:

www.eduerj.com/?product=destinos-da-cidade-comunicacao-arte-e-cultura

xxxxxxxxxxxxx

O consumo movimenta a economia e também é um aspecto vital para a sobrevivência do mercado editorial, das livrarias e editoras. Aqui seguem a sugestão de dois títulos organizados por Lucia Helena e Paulo César S. Oliveira,  disponibilizados gratuitamente na página da Coleção Caetés, que debatem essa relação entre literatura e mercado :

Uma literatura inquieta: memória, ficção, mercado, ética:

www.eduerj.com/?product=uma-literatura-inquieta-memoria-ficcao-mercado-etica

Literatura, arte e mercado:

www.eduerj.com/?product=literatura-arte-e-mercado

Para fechar esse artigo, uma sugestão de leitura sobre algo que influencia de maneira contundente o consumo: o marketing.

Marca: do marketing ao balanço financeiro (de Mariza Branco Rodrigo de Freitas e Manoel Marcondes Machado Neto)

www.eduerj.com/?product=marca-do-marketing-ao-balanco-financeiro

Deixe uma resposta