Livros sobre eleições

Há diferentes formas de compreender as eleições. Podemos observa-las como um dispositivo, um conceito e pesquisarmos suas premissas e objetivos. E podemos também estudar as eleições dentro de um contexto das conjunturas locais, em uma visão atrelada aos momentos históricos. O ângulo pode variar, e pode representar áreas diferentes como história, ciência política, comunicação, entre outras; ou mesmo ser um estudo multidisciplinar.

A EdUERJ tem livros que representam essas distintas abordagens. Alguns exemplos:

Por que eleições importam?“, de Adam Przeworski,

Propõe um olhar no estatuto das eleições, como mecanismo fundamental a uma democracia, em qualquer país do mundo. Analisa a natureza da expectativa que os eleitores têm sobre a capacidade de os resultados das urnas influenciarem o cotidiano. Fruto de mais de 40 anos de pesquisas por um dos mais renomados cientistas políticos da atualidade.

Eleições, opinião pública e comunicação política no Brasil contemporâneo: homenagem a Marcus Figueiredo“. Organizado por Felipe Borba e Alessandra Aldé

Reúne uma série de trabalhos de cientistas políticos sobre o tema opinião pública e seu impacto no comportamento político. E homenageia o professor Marcus Figueiredo, um dos fundadores da moderna análise política do Brasil.

Política local no estado do Rio de Janeiro: disputa partidária e comportamento político nas eleições municipais de 2020“. Organizado por Felipe Borba e Argelina Cheibub Figueiredo

Analisa as disputas partidárias e o comportamento eleitoral durante as eleições municipais de 2020 no Estado do Rio de Janeiro. Investiga temas como as características do sistema partidário do Rio de Janeiro, de 1980 a 2020, o perfil dos candidatos e dos eleitos às câmaras de vereadores, o comportamento político do eleitorado e o impacto da Covid-19 nas escolhas do eleitor fluminense, entre outros.

Todos esses títulos estão disponíveis em nosso site e podem, não só propiciar novos graus de conhecimento, mas trazer o combustível necessário para um debate mais consciente sobre o voto.

Deixe uma resposta