Livro enfatiza legado de Imperatriz

Um dos maiores sucessos da EdUERJ em 2014, Teresa Cristina de Bourbon: uma imperatriz napolitana nos trópicos 1843-1889,  de Aniello Angelo Avella, agora está disponível no formato ebook na Plataforma da SciELO Books. O release abaixo fala mais sobre a proposta deste livro.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Resgatar uma personagem fundamental na história brasileira, contribuindo para a compreensão da trajetória das relações entre Brasil e Itália. Este é o mérito maior de Teresa Cristina de Bourbon: uma imperatriz napolitana nos trópicos 1843-1889, de Aniello Angelo Avella, publicação da editora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (EdUERJ).

Filha de Francisco I, rei das Duas Sicílias (Itália), e esposa de D. Pedro II aos 21 anos de idade, Teresa Cristina de Bourbon foi comumente associada a um estereótipo de mulher de índole dócil e submissa. Até mesmo uma suposta mediocridade intelectual lhe foi atribuída. O livro da EdUERJ oferece novas informações e relatos que ajudam a delinear um diferente perfil da Imperatriz.

Fundamental para a construção das identidades nacionais da Itália e do Brasil, em ações como o apoio à política de migração italiana no final do século XIX, momento em que a escravidão brasileira era abolida e a necessidade de mão de obra livre aumentava. Esta é a Tereza Cristina de Bourbon revelada pelo professor Aniello Angelo Avela. Capítulos à parte ressaltam o seu entusiasmo pelas artes e o incentivo às coleções de arqueologia, como um legado significativo na história da sociedade brasileira.

O autor, Aniello Angelo Avela, professor da Universidade de Roma Tor Vergata, instituição parceira da Uerj em setores da pesquisa científica, oferece subsídios para suprir o desinteresse das historiografias brasileiras e italianas pela nobre. A pesquisa observa Tereza Cristina de Bourbon sob a luz de perspectivas mais rigorosas, afastando-a das óticas preconceituosas e machistas do passado, assim como dos lugares comuns enraizados no imaginário coletivo de Brasil e Itália.

 

Página do livro na SciELO Books:

http://books.scielo.org/id/7nyjg

Deixe uma resposta