Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

A Editora

Apresentação

A EdUERJ foi criada em maio de 1994 e, desde então, tem como principais objetivos a promoção, a coordenação e a regulamentação das atividades editoriais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Hoje, decorridas mais de duas décadas, ultrapassou largamente essa proposta inicial, consolidando-se como um agente privilegiado da divulgação do conhecimento por meio de uma elevada qualidade editorial, garantindo com isso o respeito da comunidade acadêmica e do público em geral. Tornou-se, assim, um instrumento fundamental tanto para fomentar o debate crítico, quanto para estimular a publicação da produção científica e intelectual da instituição a que pertence e de outros estabelecimentos de ensino superior e pesquisa.

O resultado desse empenho lhe rendeu seis prêmios e cerca de 600 títulos publicados que abrangem campos do conhecimento variados e que têm em comum o cuidado com a linguagem e o esmero gráfico. As coleções também fazem parte desse catálogo ao todo são dez coleções como Ciranda da Poesia, Clássicos da Ciência, Coleção Brasil-Itália, Coleção Sociedade e Política, Geografia Cultural, Coleção Comenius, Matrizes do Saber Contemporâneo, Pensamento Contemporâneo, Pesquisa em Educação e Sexualidade, Gênero e Sociedade.

Recentemente, assumiu a administração do Portal de Publicações Eletrônicas da UERJ que reúne as revistas científicas online. São 83 publicações que passaram a ter o selo EdUERJ na sua condução de políticas editoriais e de pesquisa para o ingresso e permanência no portal.

A EdUERJ integra a Associação Brasileira das Editoras Universitárias (Abeu), que atua no desenvolvimento da cultura editorial das universidades brasileiras. Como editora de uma das universidades estaduais mais jovens do país, tem o desafio de oferecer aos leitores o que há de mais atual na diversificada produção acadêmica e intelectual assim como os textos que ao longo do tempo se tornaram clássicos e que, por isso, são fundamentais para o exercício do pensamento e a consequente geração de novos saberes, cada vez mais específicos. Tem a importância de fazer parte da construção da maturidade intelectual da instituição que dissemina informação além de gerar conhecimento, com a função de ser o elo entre a produção acadêmica e a sociedade. Suas mais diversas obras, além de instigarem a curiosidade, o apetite de saber ou o simples prazer da leitura, possibilitam o aperfeiçoamento cultural, profissional e humano.

Histórico

1978

A história editorial da UERJ deu seus primeiros passos em 1978. No dia 8 de junho daquele ano, com a Resolução Nº 481/78, foi criado o Núcleo Editorial, sob a organicidade do Departamento Cultural (Decult). A resolução, assinada pelo então reitor Caio Tácito, delega ao Núcleo a promoção e a coordenação das atividades editoriais da Uerj, bem como dos polos de venda das publicações.

1984

No dia 18 de julho de 1984, a Resolução Nº 517/84 cria a Editora da UERJ. O objetivo do Conselho Universitário ao aprovar a resolução assinada pelo reitor Charley Fayal de Lyra foi o de suceder e substituir o Núcleo Editorial, instituído em 1978, extinguindo-o. Além da promoção e coordenação das atividades editoriais da Uerj, agora a Editora da UERJ passa a discipliná-las.

1993

Com a Resolução Nº 002/93 assinada no último bimestre do ano, o reitor Hesio Cordeiro substitui a Resolução Nº 517/84, alterando a composição do Conselho Editorial, cujo gerenciamento dos membros passa a precisar de homologação do Conselho Superior de Ensino e Pesquisa da UERJ. Por essa resolução a reitoria concede o gozo de uma determinada autonomia administrativa e financeira, demonstrando um avanço para a EdUERJ.

1994

Reinstituída no fim de 1993, no ano seguinte a Editora da UERJ é lançada em maio de 1994, tendo por meta a promoção, a coordenação e a regulamentação das atividades editoriais da maior universidade estadual no Rio de Janeiro.

1996

Alterando a Resolução Nº 002/93, no dia 4 de junho de 1996, o reitor Antonio Celso Alves Pereira assina a Resolução Nº 002/96. Nela, há nova recomposição do quadro de membros da EdUERJ, mas o objetivo se fixa em promover, coordenar e disciplinar as atividades editoriais da universidade.

2013

No dia 6 de junho de 2013, o reitor Ricardo Vieiralves de Castro homologa o Ato Executivo de Decisão Administrativa Nº 025/2013. Nesta legislação, a EdUERJ é reestruturada. Aqui, é criada a Coordenação Administrativa, à qual lhe compete o zelo pela infraestrutura das suas instalações e seus equipamentos, a supervisão das rotinas de apoio administrativo e gestão financeira da EdUERJ, bem como a informação e resposta das atividades perante o Editor Executivo.

2016

Em março de 2016, a Editora da UERJ passou a gerenciar o Portal de Publicações Eletrônicas da universidade, hospedando mais de 75 revistas que exploram ensino, pesquisa e extensão. Hoje, decorridas mais de duas décadas de pleno funcionamento, ultrapassou largamente a proposta inicial, consolidando-se como um agente privilegiado da divulgação do conhecimento por meio de uma elevada qualidade editorial, garantindo, com isso, o respeito da comunidade acadêmica e do público em geral. Tornou-se, assim, um instrumento fundamental tanto para fomentar o debate crítico, quanto para estimular a publicação da produção científica e intelectual da instituição a que pertence e de outros estabelecimentos de ensino superior e pesquisa.

Prêmios

2014

Prêmio Jabuti
O livro Ciência do futuro e futuro da ciência: redes e políticas de nanociência e nanotecnologia no Brasil, de Jorge Luiz dos Santos Junior, ficou em terceiro lugar no 56 º Prêmio Jabuti, na categoria Ciências Exatas, Tecnologia e Informática. Por essa conquista, não só o autor do livro, mas a Editora da UERJ também recebeu uma estatueta do Jabuti.

2017

Prêmio Jabuti
A Editora da UERJ foi agraciada com o Prêmio Jabuti pelo livro “Machado de Assis e o cânone ocidental – Itinerários de leitura”, de Sonia Netto Salomão. O livro venceu, em primeiro lugar, na categoria Teoria/Crítica Literária, Dicionários e Gramáticas, sendo esta uma conquista inédita para a editora haja vista que o Jabuti anterior (2014) foi obtido em terceiro lugar.

2019

Placa Mérito ABEU
A Editora foi homenageada durante a 32ª Reunião Anual da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU) realizada em maio de 2019, na cidade de Porto Alegre. A EdUERJ recebeu uma placa comemorativa, em evento cujo tema foi “O presente do livro universitário: velhos desafios, novas adversidades”. Com a inscrição de Reconhecimento ao mérito e assinada pelo presidente da diretoria da ABEU, Marcelo Luciano Martins Di Renzo, a placa comemorativa ressaltou os “25 anos de relevantes atividades em prol do livro, da leitura e da difusão do conhecimento” prestados pela EdUERJ. A ABEU possui um importante papel na trajetória não só da EdUERJ, mas de outras editoras universitárias, dado que se trata de uma organização que integra 122 editoras associadas e um catálogo ativo de 22.123 títulos. Sua atuação viabiliza a participação de editoras universitárias em eventos acadêmicos, culturais e políticos no Brasil e no exterior.

2021

ABEU
O Livro Democracia em crise no Brasil: valores constitucionais, antagonismo político e dinâmica institucional, de Claudio Pereira de Souza Neto, foi o vencedor do Prêmio ABEU 2021 na categoria Ciências Sociais Aplicadas. A premiação do livro, publicação da EdUERJ em parceria com a Editora Contracorrente, ocorreu em cerimônia virtual realizada pelo Youtube da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU), em novembro de 2021. A proposta de Democracia em crise, nas palavras do professor, é inventariar e analisar “os acontecimentos que vem ocorrendo no Brasil desde junho de 2013 e até a reação do governo Bolsonaro à pandemia do Coronavirus; acontecimentos que em seu conjunto caracterizam a crise da democracia brasileira, o processo de erosão democrática que vem sendo conduzido no Brasil”. Além disso, frisa que a publicação procura identificar “no sistema jurídico e no sistema político brasileiro, quais são os instrumentos disponíveis para que as instituições e o povo possam atuar no sentido de manter a democracia viva enquanto esse período de crise democrática não é definitivamente superado por meio de uma decisão popular contundente manifestada no momento eleitoral”.

Equipe

Conselho Editorial

João Feres Júnior (Presidente)
Aníbal Francisco Alves Bragança
Henriqueta do Coutto Prado Valladares
Hilda Maria Montes Ribeiro de Souza
Italo Moriconi Junior
José Ricardo Ferreira Cunha
Katia Regina Cervantes Dias
Lucia Maria Bastos Pereira das Neves
Luciano Rodrigues Ornelas de Lima
Maria Cristina Cardoso Ribas
Tânia Maria Tavares Bessone

Estrutura Administrativa

Editor Executivo
João Feres Júnior

Coordenadoria Administrativa – coordenacao@eduerj.uerj.br
Elisete Hallier Cantuária (Coordenação)
Alan Luis Nogueira

Coordenadoria Editorial – editorial@eduerj.uerj.br
Silvia Nóbrega de Almeida (Coordenação)
Cecília Mendes Conceição
Thiago Braz
Israel Novaes Maia

Coordenadoria de Produção – producao@eduerj.uerj.br
Mauro Siqueira (Coordenação)
Bruno Oggione
Elmar Aquino
Emílio Biscardi
Érika Neuschwang
Flavia de Hollanda
João Martorelli

Assessoria de Comunicação e Projetos – imprensa.eduerj@gmail.com
Sandra Galvão (Coordenação)
Ricardo Zentgraf
Charbelly Estrella
Tibério Júlio Ramos
Talita Escocio
Isabela Mello

Programação Visual – design@eduerj.uerj.br
André Thiago Netto
Nelson Duarte Junior

Comercial e Distribuição – comercial@eduerj.uerj.br
Renate Scheele (Coordenação)
Fernanda Leão
Thiago Figueiroa
Lilian Lube
Cláudia Kras

Portal de Publicações Eletrônicas da UERJ – ppeuerj@eduerj.uerj.br
Nathalia Avila (Coordenação)
Juliana Figueredo

Relatórios de Gestão

Os presentes relatórios dão conta das atividades da editora ao longo dos respectivos anos citados, discrimina as atividades desenvolvidas pela equipe da editora ao longo do período e é um convite para que o público se informe acerca do manancial de publicações e serviços por nós prestados.