Oralidades e escritas pós-coloniais: novidade de janeiro

Chegou a segunda edição de Oralidades e escritas pós-coloniais: estudos sobre literaturas africanas, de Ana Mafalda Leite, livro de interesse para estudiosos da cultura e literatura africanas. Considerado uma referência de estudos da área, o volume oferece uma abordagem multidisciplinar do desenvolvimento da literatura africana e analisa os rumos dos estudos empreendidos sobre essa vertente literária.

A autora propõe um pensamento crítico sobre a intertextualidade entre as culturas africanas e europeias e procura desmistificar equívocos conceituais sobre a literatura africana, afastando a ideologia colonialista que ecoa em determinadas teorias. São destacados equívocos recorrentes como subestimar a complexidade da tradição oral africana ou tentar classificá-la como fenômeno de caráter exótico. Percebe-se também a existência de tentativas de superdimensionar a contribuição das línguas europeias, aplicando à literatura africana o rótulo reducionista de produto colonial.

O livro também se debruça sobre as criações literárias que se desenvolvem após a independência dos países africanos e incorporam elementos relativos ao novo contexto social. São analisadas narrativas produzidas por Mia Couto, Fernando Fonseca Santos, Manuel Rui, Ungulani Ba Ka Khosa e a poesia de Noêmia de Souza, José Craveirinha, Arlindo Barbeitos e de Ruy Duarte de Carvalho, entre outros.

Oralidades e escritas pós-coloniais possibilita uma compreensão maior do processo literário que brota da tradição e da oralidade do continente africano. A leitura atenderá aos interessados em áreas como Letras, história, antropologia, estudos culturais e pós-coloniais.

A autora, Ana Mafalda Leite, é doutora em Literaturas Africanas e docente da Universidade de Lisboa.

Confira esse livro:
https://eduerj.com/?product=oralidades-e-escritas-pos-coloniais-estudos-sobre-literaturas-africanas-2

Deixe uma resposta